Programa do Governo: "um enunciado de meras declarações genéricas… um documento vago" - PAICV

14 de junho de 2021

João Baptista Pereira, líder parlamentar do PAICV
A+ A-

O programa do VIII Governo Constitucional apresentado hoje é um documento vago e que não explica de forma clara e objectiva quais as medidas e que tarefas serão implementadas pelo referido Governo para fazer face aos desafios do país para os próximos cinco anos. A leitura é do líder parlamentar do PAICV, João Baptista Pereira, que criticou o Governo por apresentar o elenco mais gordo da história do país. 

Para o PAICV trata-se de um programa com compromissos muitos mais reduzidos e metas muito menos ambiciosas e baseia-se numa auto-avaliação que não retracta a verdadeira realidade do país. 

Fazendo uma radiografia do país que, tal como o mundo, vive um contexto difícil com graves consequências económicas e sociais por conta da pandemia da Covid-19, o líder parlamentar do PAICV admitiu que se criaram expectativas para esta legislatura de que as respostas seriam mais ousadas. Mas em sentido contrário João Baptista Pereira diz que Governo já dá sinais agir em contramão ao presentear o país com o Governo mais gordo da história de Cabo Verde.

Nas palavras do líder parlamentar do PAICV o programa do Governo é em grande parte um “enunciado de meras declarações genéricas… um documento vago”.

Para o sector da justiça diz João Baptista Pereira que o programa não assume uma meta para a redução das pendências e no tocante á implementação das regiões administrativas, além de cair o compromisso de realização de um referendo, não clarifica quantas ou e quando serão criadas. 

Grupo parlamentar do PAICV que promete abertura e disponibilidade para encontrar consensos para as questões estratégicas para o país.