ICIEG defende aumento moderado da licença de maternidade

10 de maio de 2021

A+ A-

O ICIEG , Instituto Caboverdiano para a Igualdade e Equidade de Género propôs ao Governo um aumento de licença de maternidade para 3 meses e a instituição de licença de paternidade de 3 a 5 dias. 

Uma proposta consdiderada exequível pela Presidiente do ICIEG, Rosana Almeida, e que já se encontra no Parlamento para aprovação.

Na  petição pública de 2016,  um grupo de cidadãos, sugeriu o aumento de 2 para 4 meses a licença de maternidade e a instituição de licença de paternidade de 15 dias, à luz de convenções internacionais, o ICIEG defende um aumento das licenças, com cautela, e em articlação com outros parceiros implicados, para evitar prejuízos para jovens mulheres no acesso ao mercado do trabalho.

A proposta do ICIEG , já se encontra nas mãos do governo e aguarda agendamento para esta nova legislatura.  Neste momento o foco, segundo Rosana Almeida, vai para as mulheres mães chefes de familia com sérias dificuldades devido á Pandemia do Covid-19.

Na retoma economica a presidente do ICIEG, pede medidas que também abrangem, as mulheres desempregadas do sector tutristico, sobretudo nas ilhas da Boavista e Sal.



Artigos Relacionados