Ordem Médicos lamenta a morte do médico-cirurgião, José Fragoso

12 de abril de 2021

A+ A-

 

O médico-cirurgião José Fragoso morreu este Domingo na Praia de forma trágica, por suicídio. A Ordem dos Médicos lamentou a morte de uma referência e de um profissional exemplar que partiu, prematuramente, deixando um vazio enorme entre a classe médica.
 
A cidade da Praia ficou chocada com a morte trágica, por suicídio, ocorrida neste Domingo, do médico-cirurgião José Fragoso. Era considerado uma referência e um profissional exemplar que, desde 2003, vinha trabalhando no Ministério da Saúde.
 
Através de uma nota de imprensa chegada á nossa redacção, a Ordem Médicos lamenta a morte do seu associado que se destacou pela sua capacidade e competência como médico e cirurgião-sénior. Na missiva de pesar, a ordem dos médicos frisa que o malogrado Dr. José Manuel Fragoso foi uma referência na evolução da qualidade dos cuidados secundários e terciários de saúde, no HAN, onde prestava serviço, focado sobretudo na área da cirurgia geral.
 
O Dr. Fragoso era muito respeitado entre os seus pares e colegas de trabalho e um profissional muito engajado em ações cívicas e associativos.
 
Na sua juventude, o malogrado se destacou, tanto em Cabo Verde, como durante a sua vida estudantil, na Bélgica e França, no desporto e na música, tendo sido integrante da banda “Os Apólos”.
 
A Ordem dos Médicos de Cabo Verde refere que a partida prematura do honroso médico José fragoso, aos 68 anos de idade, deixa um grande vazio no seio da classe e um sentimento de admiração, pelo seu compromisso, seriedade e profissionalismo.
 
 
RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)



Artigos Relacionados