Jornal Expresso das Ilhas completa hoje 1000 edições sem qualquer paragem

27 de janeiro de 2021

A+ A-

O jornal Expresso das Ilhas completa hoje 1000 edições sem qualquer paragem,o número simbólico, que já se encontra nas bancas, reflete sobre o futuro do jornalismo, hoje cada vez mais incerto devido à pandemia da Covid-19.

Para a adminisitradora executiva do gupo Media Comunicações, de que faz parte o semanário Expresso das Ilhas, Lígia Pinto, chegar a edição número 1000 só foi possivel graças ao espirito de resitência que tem caracterizado o projecto editorial desde o primeiro exemplar. 

A administrora diz que a pandemia da Covid-19 veio agudizar as dificuldades por que passa a imprensa em Cabo Verde. Por isso para driblar a crise e continuar a fazer chegar o jornal Expresso das Ilhas, todas as semanas, a cada leitor onde quer que se encontre, foi preciso puxar pela imaginação.

Uma das ideias que o grupo Media Comunicações apresentou à turtela da comunicação social é a compra antecipada, por parte do Governo, de espaços na imprensa para a publicidade institucional, como aconteceu no ano passado em Portugal. Até agora, diz Ligia Pinto, não houve qualquer resposta da parte de quem deve apoiar a imprensa privada em Cabo Verde. 

Reportagem RCV