São Vicente descoberta há 559 anos

22 de janeiro de 2021

Cidade do Mindelo, ilha de São Vicente [foto Décio Barros]
A+ A-

A 22 de Janeiro de 1462 é descoberta a ilha de São Vicente pelo navegador português Diogo Gomes. Hoje, é a segunda mais populosa de Cabo Verde apesar de ter sido a última a ser habitada como recorda o professor de história na Uni-CV, Carlos Emanuel Santos.

Doutor em história da Arte pela Universidade Nova de Lisboa e membro do conselho científico do Instituto do Património Cultural, Carlos Santos esclarece que o povoamento de São Vicente fica a dever-se à revolução industrial que provoca o aumento do volume da navegação no Atlântico.

São Vicente ganha, então, com o porto, um papel fundamental a nível de escala internacional devido à sua localização…próximo da costa do continente africano, relativamente perto da Europa e dos Estados Unidos, do Brasil e da Argentina…uma posição estratégica que impulsiona uma rápida expansão da cidade do Mindelo a partir de 1850 com a instalação dos ingleses a partir do trabalhão industrial relacionado com o porto e com o carvão.

E o petróleo possibilita maior autonomia dos barcos nos mares. Mas o declínio do Porto Grande de São Vicente, diz Carlos Santos, se deve muito ao facto de não se ter sabido apostar na nova fonte de energia e também acompanhar os outros portos vizinhos no nível de serviços prestados aos clientes.

E é, de certa forma, para resgatar uma posição mais confortável que se projeta o Porto de Águas profundas em São Vicente, uma questão deve abordada pelo ministro da Economia Marítima, Paulo Veiga, que representa o Governo na sessão solene da Assembleia Municipal comemorativa do Dia de São Vicente.

Reportagem RCV


Artigos Relacionados