Notícias

Praias de mar voltam a estar interditadas no município da Praia, por mais 15 dias


Praia de São Tomé, concelho da Praia
26 Set 2020 Sociedade

As praias da capital do país estiveram quase seis meses interditadas a banhos por causa da pandemia da covid-19. Vinte dias após terem sido reabertas, voltam a ser interditadas.

A decisão saiu do Conselho de Ministros que esteve reunido, extraordinariamente, este sábado. De forma imediata, está novamente vedado o acesso às praias no concelho da Praia por um período de 15 dias. O governo justifica a medida com a necessidade de evitar o agravamento da situação epidemiológica provocada pela covid-19, conforme explicou o porta-voz da reunião, o ministro Carlos Santos.

“Considerando as sucessivas e frequentes aglomerações de pessoas nas praias da capital do país sem a devida observância das regras sanitárias impostas pelas autoridades de saúde e ainda com o objectivo de evitar o agravamento da situação epidemiológica, provocada pela covid-19, o Governo aprovou, com efeitos imediatos, interditar a frequência das praias no concelho da Praia por um período de 15 dias”.

Esta decisão surge na sequência das notícias dos últimos dias dando conta de grandes aglomerações nas praias da capital do país. Aliado a este facto está também o elevado número de infeções por covid-19 registado nos últimos três dias na Praia. Só na sexta-feira, por exemplo, foram diagnosticados 116 novos casos na Praia.


Benvindo Neves

Comentários

Pesquisar