Notícias

30 realojados das chuvas no Estádio Nacional, entre os quais bebés e grávidas, resultam positivos em testes rápidos de Covid19


21 Set 2020 Saúde

Uma trintena das cerca 200 pessoas que foram realojadas no Estádio Nacional, na sequência dos estragos causados pelas chuvas na semana passada, deram positivo aos testes rápidos à Covid19, indicou hoje Sandra Pires, psicóloga da Câmara Municipal da Praia.

Os mesmos foram já confinados, num espaço adequado, nas próprias instalações do Estádio Nacional, indicou aquela responsável, que adiantou terem sido sujeitos à recolha de amostras para a realização de estes PCR, que já foram efectuados cujos resultados são, agora, aguardados.

 

“Vieram de vários bairros da capital, recolhidos pelos nossos serviços, numa situação difícil causada pelas chuvas, e logo de seguida accionámos a Delegacia de Saúde para que procedessem aos testes e nos fosse permitido saber em que condições de saúde se encontravam, principalmente no que respeita à Covid19”, explicou Sandra Pires.

 

Segundo a psicóloga, na sequência dos testes, deu-se a situação de haver “resultados positivos [cerca de 30], entre bebés, mulheres grávidas, pessoas idosas e adultos”, o que se manifestou ser “um bocado perturbador para as pessoas realojadas, tendo em conta o seu estado emocional, já de si afectado pelos problemas vividos na sequência das chuvas”.  

 

Assim, muitas dessas pessoas ficaram em “estado de choque”, na análise de Sandra Pires, que indicou terem merecido, e recebido, “uma atenção psicológica” especial por parte dos serviços da Câmara Municipal da Praia.

 

As cerca de 200 pessoas alojadas no Estádio Nacional são provenientes de vários bairros da cidade da Praia, nomeadamente Ponta de Água, Safende, Jamaica, Lém Cachoroo, Paiol, Tira Chapéu, Palmarejo e Achada de Santo António.

 

Fonte: RCV/Joana Lopes

Edição Multimédia: Orlando Rodrigues

Comentários

Pesquisar