Notícias

Partido Popular culpa Câmara da Praia e Proteção Civil pelos problemas que as chuvas trouxeram às muitas famílias


21 Set 2020 Política

Na sua reunião quinzenal, o PP visou a Proteção Civil devido a "inexistência de medidas de prevenção" no período das chuvas. As câmaras municipais também são culpadas pelas obras levadas pelas cheias, segundo o partido.

O vice-presidente do PP, Felisberto Semedo, que falava na sequência da reunião quinzenal, considera que as obras destruídas pelas chuvas em diversos pontos do país apenas servem para a compra de consciência.

Segundo os “populares”, a situação difícil por que passam agora as inúmeras famílias deslocadas, na Praia, é por culpa da Câmara Municipal e da Proteção Civil.
Da Proteção Civil sim, explica Felisberto Semedo, porque “não houve medidas de prevenção para a época das chuvas”.

Os estragos causados pelas chuvas devem-se, também, às câmaras municipais que, segundo o vice-presidente do PP, “estiveram preocupados em fazer obras de cosmética”, sem estrutura e apenas para comprar a consciência dos cidadãos.

Para o PP, a má gestão de solos por parte da Câmara Municipal da Praia obrigou a que muitas famílias recorressem a construções clandestinas, razão pela qual muitas casas se encontram em situação de risco.

À Procuradoria-geral da República o PP deixa um apelo para que fiscalize o dinheiro público na Câmara Municipal da Praia.

Na sua reunião quinzenal, o PP debruçou igualmente sobre a transferência da areia da Boa Vista para as outras ilhas, processo para o qual espera se faça estudos de impacto e seja suportado por concurso público.

Oiça a notícia com as declarações do vice-presidente do PP:

Hermen Alfredo, RCV
Editado por BenvindoNeves


Notícia RCV com jornalista Hermen Alfredo



Relacionados

Comentários

Pesquisar