Notícias

Autárquicas 2020. Terminou prazo para entrega das candidaturas nos tribunais


16 Set 2020 Política

O prazo para a apresentação das candidaturas terminou esta terça-feira, 15, e o sorteio das listas admitidas pelo magistrado judicial, para efeitos de da ordem nos boletins de voto, está marcado para o dia 25 de Setembro.

A RCV abordou os dois partidos que detém a presidência dos 22 municípios do país.
O Movimento para a Democracia concluiu ontem a formalização junto das comarcas do país o processo das candidatura às eleições autárquicas de 25 de Outubro.
A garantia foi dada ao Primeiro Jornal da  Rádio de Cabo Verde pela secretária-geral do partido.

“Nós entregámos todas as listas para os diferentes municípios, as diferentes candidaturas, através dos seus mandatários, já fizeram entrega das listas nos respetivos tribunais das comarcas respetivas. Tudo correu normalmente, algumas entregaram hoje [esta terça], mas ao longo desses últimos dias fomos entregando, mas todos entregaram dentro do prazo.”

Filomena Delgado reitera que para as candidaturas foi respeitada a lei da paridade de acordo com as orientações da direcção do MpD.

“Todas as candidaturas já tinham orientações sobre a lei da paridade. As candidaturas, pensamos, responderam à essas orientações e à lei da paridade.”

A partir de agora os processos de candidaturas vão ser analisados pelos tribunais das comarcas de cada Município. Se houver qualquer problema as candidaturas serão chamadas para a devida correcção.

O PAICV, da mesma forma, considera que o processo de formalização das candidaturas decorreu na normalidade em todos os 22 municípios.
O Coordenador das autárquicas do partido Tambarina, Américo Nascimento, avançou que as candidaturas fizeram todo o seu trabalho de casa há já algum tempo pelo que não espera surpresas.

“Decorreu de uma forma normal. As candidaturas, em todos os municípios, fizeram o seu trabalho com toda a tranuilidade possível, não obstante a situação da pandemia. Todos os processos foram entregues, atempadamente, em todas as comarcas.”

Quanto à lei da paridade, uma das condições necessárias para que as candidaturas fossem aceites e uma novidade destas eleições, o responsável diz que em alguns casos o PAICV ultrapassou até aquilo que estava estipulado na lei que era de ter 40% de mulheres nas listas.

 “Nós cumprimos a paridade, é uma condição para que as candidaturas sejam aceites. Não houve problemas de maiores em relação àquilo que são as condições necessárias para que as candidaturas sejam aceites nas comarcas. Até, em determinadas situações, temos mais de 40%, que é aquilo estipulado pela lei da paridade”

O prazo da apresentação das candidaturas terminou ontem e  o sorteio das listas admitidas pelo magistrado judicial, para efeitos de da ordem nos boletins de voto, está marcado para o dia 25 de Setembro.
A campanha eleitoral para as próximas eleições autárquicas arranca no dia 8 de Outubro, devendo terminar às 24 horas do dia 23 do mesmo mês.

Contamos trazer brevemente as reações da UCID e do PP, partidos que, igualmente, apresentam candidaturas para o embate autárquico de 25 de outubro.

Óscar Monteiro / Carla Lima, RCV
Editado  por Benvindo Neves



Relacionados

Comentários

Pesquisar