Notícias

Covid-19: pelo terceiro dia consecutivo Cabo Verde regista mais de 60 casos


15 Ago 2020 Sociedade

Na passada quarta-feira, 12, foram 80 casos. No dia seguinte, quinta-feira, registaram-se 73 novas infecções e, esta sexta-feira, 63. São três dias sempre acima das 60 infecções diárias.

Cabo Verde regista mais 63 novos casos positivos de covid-19, 27 estão na Praia e 19 na ilha do Sal. A situação epidemiológica da Ilha do Sal não permite a retoma do Turismo este mês. A opinião é do Director de Prevenção e Controlo de Doenças do Ministério da Saúde. O médico reiterou o apelo à junção de esforços para se controlar a evolução da covid-19 no país, relembrando que a economia e o rendimento de muita gente estão em causa enquanto as nossas ligações com outros países está condicionada.

Cabo Verde contabiliza, neste momento, um acumulado de 847 casos activos da covid-19. Esta sexta-feira foram confirmados 63, destes 27 na Praia, 19 no Sal, 9 na Ribeira Grande de Santiago como confirma o Director de prevenção e controlo de Doenças, Jorge Noel Barreto.

"Mais 63 casos novos, sendo 27 no concelho da Praia, 19 no concelho do Sal, 9 no concelho da Ribeira Grande de Santiago, 3 em São Domingos, 3 no Tarrafal de Santiago, 1 em Santa Catarina de Santiago e 1 em São Salvador do Mundo."

A cidade da Praia tem registado, ao longo desta semana, um número considerável de casos. A ilha do Sal esteve com menos infecções, lembrou Jorge Noel Barreto, devido a alguns constrangimentos laboratoriais. Para o médico, neste momento é difícil fazer análises concretas e robustas sobre a ilha porque os dados variam diariamente. O médico reitera a necessidade do esforço conjunto para o bem da economia nacional e da vida de muita gente.

"Juntar esforços para combater esta pandemia porque só assim é que vamos conseguir chegar a bom porto. Relembro que, enquanto a situação no país estiver como está, será muito mais complicados os outros sectores funcionarem. E será muito complicado nós retomarmos as nossas ligaões com os outros países, o que condiciona bastante a nossa economia. Portanto, nós  todos devemos ter isso em consideração, cada tem de dar o seu contributo para a situação ficar controlada. A vida de muitas pessoas depende do controlo desta epidemia: a questão do rendimento, de se ganhar dinheiro, vejo, por exemplo, a ilha do Sal que é uma ilha turística, vai depender do controlo."

A situação epidemiológica da ilha do Sal provavelmente não permite a retoma do turismo este mês, entende Jorge Noel Barreto.

"Na minha opinião, de acordo com a situação epidemiológica, provavelmente não será ainda possível. Por isso é que fazemos o apelo para que tenhamos um compromisso. Sem esse compromisso nós não conseguiremos, sozinhos - as instituições - controlar a situação. Aqui todos são intervenientes, não adianta só as instituições fazerem normas e divulgar as orientações se, depois, todos nós não cumprirmos."

O Ministério da Saúde avançou com o registo de mais 13 casos suspeitos no país e corrigiu a existência de um caso suspeito no Maio, admitindo haver um lapso. Foram notificadas esta sexta-feira 22 recuperados na ilha de Santiago. O total acumulado de casos de covid-19 é de 3136, 847 são  casos activos.

Miriam Lopes dos Santos, RCV
Editado por Benvindo Neves



Relacionados

Comentários

Pesquisar