Notícias

CV Airlines: PCA enviou carta aos trabalhadores falando em falta de consensos. Governo já reagiu


11 Ago 2020 Economia

Na carta, Erlendur Svavarsson expressa que há falta de consensos entre accionistas. Olavo Correia confirma, mas não revela quais os pontos divergentes.

O governo está a trabalhar para encontrar uma solução que preserve os interesses do Estado e da economia cabo-verdiana. Esta é a reação do Ministro das Finanças em relação ao conteúdo de uma carta que o Presidente do Conselho da Administração da CV Airlines dirigiu ao trabalhadores da companhia aérea e no qual afirmou que ainda não há acordo entre os acionistas sobre o financiamento futuro e a liquidação das dívidas passadas.

As negociações sobre os investimentos na Cabo Verde Airlines já duram há alguns meses, mas ainda sem resultados práticos sobre pontos fundamentais para que a empresa continue a operar. A pandemia veio complicar as contas e Olavo Correia diz que é necessário defender o interesse público para garantir que a companhia aérea sirva à economia nacional.

A falta de consensos foi expressa numa carta do PCA da CV Airlines, Erlendur Svavarsson, dirigida aos trabalhadores e que foi publicada pela Inforpress. Olavo Correia confirma, mas não revela quais os pontos divergentes.

O Vice Primeiro-Ministro e Ministro das Finanças deixa entender que os pontos que causam impasse são os que põem em causa o interesse do Estado.

Sobre a possibilidade de haver despedimentos, diz Olavo Correia que o Governo está a criar todas as condições para que, por meio do lay off, os trabalhadores das empresas privadas mantenham o seu emprego.


Reportagem RCV com jornalista Emerson Pimentel



Relacionados

Comentários

Pesquisar