Notícias

Tribunal de Santa Catarina decreta prisão preventiva para 15 indivíduos que espalhavam terror em Achada Lém


10 Ago 2020 Sociedade

O grupo atuava em rede, praticando furtos em residências, assaltos na via pública, e inclusive apedrejamento de viaturas das forças de segurança, na localidade de Achada Lém e arredores

O Tribunal da Comarca de Santa Catarina, após o requerimento do Ministério Público, decretou como medida de coação pessoal prisão preventiva para os 15 indivíduos que, supostamente, pertencem a um grupo de delinquentes denominado 30 manos.

Os arguidos estão indiciados pela prática de vários crimes, nomeadamente organização criminosa, danos qualificados, homicídio na forma tentada, ameaças e roubos.
Os 15 membros do grupo são todos do sexo masculino, com idades entre os 17 e 30 anos. Foram detidos no passado dia 4 de agosto pela Polícia Nacional numa operação de caça ao homem no cumprimento de u, mandado de detenção emitido pelo Ministério Público da Comarca de Santa Catarina.

Na operação estiveram envolvidas a Polícia Judiciária e as Forças Armadas. Os jovens foram detidos na posse de uma certa quantia de estupefacientes, armas brancas, réplicas de armas de fogo, os denominados boca bedju.

Comentários

Pesquisar