Notícias

Governo prevê introduzir neste mês 3.600 beneficiários no Rendimento Social de Inclusão Emergencial


06 Ago 2020 Sociedade

Com essa expansão, pretende-se cobrir todos os agregados extremamente pobres, com crianças, registados no Cadastro Social Único

A partir deste mês de Agosto, o governo, através do Ministério da Família e Inclusão Social, vai proceder à introdução de mais 3600 beneficiários no Rendimento Social de Inclusão Emergencial (RSIE), no quadro das medidas de resposta social à pandemia da covid19, conforme nota do governo. 

Com essa expansão, lê-se no documento, "pretende-se cobrir todos os agregados extremamente pobres, com crianças, registados no Cadastro Social Único, perfazendo um total de 6388 beneficiários."
Outra novidade, lê-se, é que, a partir deste mês, os pagamentos e todas as ações de gestão do Rendimento Social de Inclusão (RSI) passarão a ser efetuados através do aplicativo de gestão do RSI, a nível local e central, o que, avança a nota do governo, "permitirá concretizar o desígnio de uma gestão mais integrada, mais fiável e automatizada e deste modo, todo o processo do RSI passará a ser feito a partir dessa plataforma digital".

Nas últimas duas semanas, a equipa envolvida na conceção e implementação do aplicativo realizou várias formações com técnicos dos 22 municípios do país que vão passar a contar com esta ferramenta para facilitar-lhes na efetivação e no acompanhamento do RSI.

Comentários

Pesquisar