Notícias

ZEE de São Vicente. Autarca Augusto Neves congratula-se com promulgação do diploma

  • Zona de Saragaça assinalada a vermelho (Imagem Satélite Google)
  • Augusto Neves, Presidente da CMSV com Rodrigo Martins à esquerda
13 Jul 2020 Economia

A Zona Económica Especial centraliza na Saragaça toda a indústria ligada ao mar, tornando-se num novo centro industrial de São Vicente.

O Presidente da Câmara Municipal de São Vicente congratula-se com a promulgação, por parte do Presidente da República, do diploma que institui a Zona Económica Especial de São Vicente, reconhecendo tratar-se de "um ganho" para a ilha e para o seu tão almejado desenvolvimento.

A promulgação do diploma que institui a Zona Económica Especial de São Vicente é  uma “grande vitoria” dos são-vicentinos e de toda a região norte. Esta é a reacção do autarca Augusta Neves, para quem o estatuto traz consigo "benefícios enormes" para quem investir na região, e também constitui um modelo económico para a promoção do desenvolvimento da ilha.

A Zona Económica Especial detém poderes especiais, o que justifica, na óptica do autarca de São Vicente, a transferência de competências da administração central. E as  entidades que venham a investir e desenvolver actividades na zona vão beneficiar de politicas, benéficos e incentivos especiais, pontua Augusto Neves.

A Zona Económica Especial vai centralizar na Saragaça toda a indústria ligada ao mar, tornando-se num novo centro industrial de São Vicente. Além de São Vicente, a ZEE pretende envolver as outras ilhas vizinhas.

A Zona Económica Especial de São Vicente, em Saragaça, obriga a deslocalização da Cabnave e da Electra. Nos espaços poderão nascer projectos turísticos.

A instalação e planeamento da ZEE de São Vicente, aprovada pelo Governo, prevê três fases até à sua conclusão, em 2035. O diploma que institui a Zona Económica Especial Marítima em São Vicente, foi promulgado no dia 8 de julho. Recorde-se que o diploma foi levado ao Parlamento, onde foi aprovado recentemente.

Governo igualmente satisfeito

O Governo também já reagiu à promulgação do Diploma. O Ministro da Economia Marítima diz congratular-se com a promulgação pelo Presidente da República da lei que estabelece a Zona Económica Especial Marítima que será criada na ilha de São Vicente.

Falando à RCV, Paulo Veiga disse que a decisão "representa uma mais-valia para a região norte e para todo o país"

Astrides Lima, RCV
Editado por Benvindo Neves

Comentários

Pesquisar