Notícias

Governo nega retenção de aviões da CV Airlines em Miami


Avião da CV Airlines no Aeroporto Leonardo da Vinci, Roma, em 2019 (Foto: Benvindo Neves)
02 Jul 2020 Economia

A reacção chegou pela voz do ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, em declarações, na manhã de hoje, à RCV.

Carlos Santos diz que não corresponde a verdade a notícia que dá conta que 3 aviões da Cabo Verde Airlines estariam retidos na Flórida, Estados Unidos de América.

Os aparelhos ficam, por enquanto nos Estados Unidos, por uma questão de facilidade de manutenção, garante o governante.

“Como diz, e bem, no comunicado da companhia, eles acabaram por decidir manter os aviões por uma questão de terem uma maior facilidade de manutenção dos aparelhos em Miami. Porquê? Porque em Cabo Verde já tiveram limitações na manutenção nos primeiros meses, tiveram custos exorbitantes em fazer deslocar outros aviões para virem trazer peças e, então, acabaram por decidir neste sentido. Portanto, esta notícia, para nós, pelo menos pela informação que nos é dada pela companhia Cabo verde Airlines,  é falsa e a própria companhia já veio desmentir essa notícia.”

Esta reacção do governo, através do ministro Carlos Santos, foi expressa durante uma entrevista à RCV.
Ainda na manhã desta quinta-feira, o vice-Primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, também reagiu, dizendo que essas notícias não favorecem a imagem da Cabo Verde Airlines.


Ministro do Turismo e Transportes, Carlos Santos, em declaração, na manhã de hoje, à RCV



Relacionados

Comentários

Pesquisar