Notícias

Governo adia retoma das ligações aéreas inter-ilhas para 15 de Julho


Aterragem no Aeroporto Internacional Cesária Évora, São Vicente
29 Jun 2020 Política

A informação foi avaçada na manhã desta segunda-feira, em conferência de imprensa, pelo ministro Rui Figueiredo Soares. A retoma das ligações marítimas de e para as ilhas de Santiago e do Sal ficam, igualmente, adiadas para 15 de Julho.

"Ponderadas todas as questões, revista a situação epidemiológica prevalecente nas ilhas de Santiago e do Sal e, tendo em conta o interesse maior que é a salvaguarda da saúde dos cabo-verdianos, considerando os prós e contras de uma decisão desta natureza, o Gabinete de Crise do Governo deliberou adiar o início da retoma dos voos inter-ilhas para o dia 15 de Julho.", declarou Rui Figueiredo.

O ministro-adjunto do Primeiro-ministro explicou que se está perante "uma pandemia que gera muitas incertezas" e que o Governo "sempre anunciou que estaria a avaliar a situação quase que diariamente", pelo que tomaria decisões consoante a situação epidemiológica.

O Executivo liderado por Ulisses Correia e Silva, adiantou Rui Figueiredo, acredita que 15 dias “é tempo suficiente" e que nessa altura "teremos maior domínio da situação", até porque, argumentou, já deverá estar concluído o inquérito epidemiológico a nível nacional que irá fornecer mais dados sobre a pandemia em Cabo Verde."

Em relação a não obrigatoriedade da realização dos testes para quem chega de viagem, o Governo mantém a decisão de não aplicação desses testes, garantiu o o ministro.

As ligações aéreas inter-ilhas, recorde-se, estão suspensas desde Março e a sua retoma estava prevista para esta terça-feira, 30 de Junho. Ficam agora adiadas por mais duas semanas.

Benvindo Neves, RCV



Relacionados

Comentários

Pesquisar