Notícias

Primeiro-ministro visita tendas de testes rápidos na Praia e destaca trabalho desenvolvido


Primeiro-ministro ladeado pelo ministro Paulo Rocha em visita a uma das tendas
05 Jun 2020 Política

O Governo, disse Ulisses Correia e Silva, não pretende, por enquanto, reforçar medidas restritivas para a ilha do Sal e reitera a intenção da retoma dos voos internacionais e inter-ilhas, para breve.

O Primeiro-ministro apela ao reforço das medidas de prevenção para evitar a propagação do vírus e aponta a realização de testes rápidos como uma das respostas à atual conjuntura pandémica do país.  

No momento em que Cabo Verde contabiliza mais de 500 casos de infeção pelo novo coronavírus, Ulisses Correia e Silva apela ao reforço das medidas de prevenção para conter a propagação do vírus. O chefe do governo aponta a realização de testes rápidos como uma das respostas.

“Estamos a realizar aqui na Cidade da Praia, nos diversos bairros, cerca de 1200 testes rápidos por dia. Mas, não basta fazer testes, testes não substituem a prevenção, precaução, cuidados. A protecção individual continua e deve ser reforçada. Que as pessoas usem máscaras, que continuem com a lavagem constante das mãos, que evitem ajuntamentos. Nós estamos a constatar que na Praia há muita gente a fazer footing no final do dia ou de manhã, o que é bom para a saúde, mas é importante que seja feita sem ajuntamentos”.

O chefe do executivo alerta que é necessário conter a propagação do vírus na ilha de Santiago e mostra-se preocupado com os casos em Santa Cruz. No que tange à ilha do Sal, apesar de surgimento de casos positivos da covid-19, o governo não prevê adotar medidas restritivas e em princípio vai ser retomada voos internacionais e as ligações inter-ilhas.

“No dia 30 de Junho nós vamos retomar os voos interilhas, os voos internacionais serão retomados em Julho, com medidas adicionais. Na próxima semana nós vamos anunciar essas medidas, que vão passar pela realização de testes nas condições que o Governo está a regulamentar. Mas, quero deixar uma palavra relativamente à ilha do Sal. Conseguimos detectar alguns casos, e é preciso que, à semelhança do resto do país, manter sempre a mesma postura, cumprir regras e evitar situações que possam levar à propagação.”

Ulisses Correia e Silva rebate as críticas sobre alegados atrasos na implementação das medidas excecionais para apoiar as famílias e os trabalhadores e considera que as respostas têm sido boas.

“A orientação é que cada caso seja trato para ser resolvido. E quanto mais resolvermos, menos problemas teremos em termos de execução. E o nível de execução tem sido bom, no geral.”

O Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, mais os ministros da Administração Interna, Paulo Rocha, e da Saúde e Segurança Social, Arlindo do Rosário, visitaram as tendas onde estão a ser feitos testes rápidos nas zonas de Tira Chapéu e Achada de Santo António.

José António dos Reis, RCV/Praia
Editado por Benvindo Neves



Relacionados

Comentários

Pesquisar