Notícias

Sal: passageiros com destino à outras ilhas vêem suas viagens canceladas


02 Jun 2020 Sociedade

Até agora, não existe informação de quando e em que condições serão retomadas as ligações marítimas a partir do Sal.

Passageiros do Sal com destino a outras Ilhas,  tiveram as suas viagens canceladas devido  ao aparecimento dos 2 casos de covid-19 na Ilha.

O aparecimento dos 2 casos de covid 19 na Ilha do  Sal, revelou ser um como um balde de água fria nas expectativas das pessoas que se encontram desde há algum tempo retidas na lha do Sal e que por motivo de limitação de lugares, ainda não conseguiram viajar para as suas ilhas de origem. São os casos, por exemplo, de Alcides e Josimar, dois jovens em dificuldade, cujo maior desejo neste momento é chegar a ilha de Santo Antão.

“Há duas semanas, comprei uma passagem para viajar na sexta-feira passada, disseram-nos que que o barco era esta quarta-feira, 03 de junho. Neste momento tudo está fechado. Eu trabalhava num carro, mas neste momento não é possível garantir um dia de trabalho’, lamentou Alcides.

Josimar, também de Santo Antão, não sabe o que fazer.

“Já deu este caso, e agora tudo vai parar de novo. Eu não consigo ficar aqui com renda para pagar, luz e água. Eu nunca vou comprar comida para ficar sem pagar a renda de casa, porque tenho compromissos e tenho meu carácter. Queremos que o Governo nos coloque nas nossas ilhas, nem que tenhamos de ficar num lugar em quarentena, até que esta situação melhore e possamos regressar ao trabalho ”, declarou.

Na mesma situação estão também um grupo  de meia centena de pessoas que estão a tentar chegar a santiago. Nilton e José Carlos, em representação do grupo,  questionam e razão desse cancelamento  e o tratamento desigual em relação aos repatriados de países  com casos significativos de covid-19, como o Brasil e EUA, em detrimento do Sal com 2 casos confirmados.

“Quero saber agora que dia vamos poder viajar? Porque fecham aqui, quando está a chegar gente da Europa e dos Estados Unidos? Mandaram vir também gente do Brasil, um país que está a ser assolado pela covid-19. Porque é que nós, dentro do nosso país, não conseguimos viajar?”, perguntou Nilton.

O colega José Carlos também lamentou: “Estamos aqui há três meses à espera de podermos regressar a casa. Durante todo esse tempo já corremos atrás da Delegacia de Saúde, da Protecção Civil, das agências e nada. Nós, o que queremos é regressar para as nossas casas, nada mais.”

Contactámos a Agência NAVEX, uma das responsáveis pela venda de bilhetes da CV InterIlhas, e esta afirmou não ter informações concretas e nos remeteu para o reponsável da Companhia Inter-Ilhas.

Carlos Dias, por sua vez, disse não ter ainda diretivas e informações oficiais, mas esclarece que como consequência dos novos casos na Ilha do Sal, as pessoas que seguiram na última viagem ficaram em Quarentena em São Vicente, pelo que não podendo transportar passageiros do Sal nas condições atuais, não vale a pena gastar combustível com a viagem.
 

Victor Sousa, RTC/Sal
Editado por Benvindo Neves

Comentários

Pesquisar