Notícias

Covid-19: cabo-verdianos infectados na Itália reagem bem


09 Abr 2020 Sociedade

Dos cinco casos, apenas um permanece internado no hospital, na cidade de Milão.

Há uma evolução positiva dos cabo-verdianos infetados pela covid-19 em Itália. Em conversa com a RCV na manhã de hoje, o embaixador Jorge Figueiredo começou por recordar a distribuição dos nossos conterrâneos infectados:
“Neste momento temos um total de cinco cabo-verdianos que foram infectados com a covid-19 aqui na Itália, sendo uma em Roma, dois na cidade de Braca, província de Bérgamo, uma cabo-verdiana na cidade de Bérgamo e um cabo-verdiano em Milão”

O diplomata considera que os 5 cabo-verdianos infetados estão todos a reagir muito bem:

“A cabo-verdiana internada em Roma, de 50 anos, e com quem falei anteontem, está praticamente curada, tendo até sido transferida para um hotel, última etapa para o cumprimento do prazo de segurança até receber alta e ir para sua casa.
A senhora de Bérgamo não chegou a ser internada num hospital, era seguida na sua própria casa e terá alta esta quinta-feira. O cabo-verdiano de 51, de Santo Antão, também não chegou a ser internado no hospital. Agora ele já está bem e simplesmente cumpre medidas de segurança, terá alta na próxima semana, no dia 16 de Abril. A irmã dele também não chegou a ser internada, continua doente mas em boas vias de recuperação.
Por último, o caso do senhor de São Nicolau, também de 51 anos, que vive em Milão. Ele continua internado num hospital daquela cidade, esteve em estado muito crítico mas passou a registar melhorias consideráveis, não correndo agora riscos de maior neste momento”, pormenorizou Jorge Figueiredo.

A Itália tem sido um dos países mais afectados pela pandemia da covid-19. O embaixador conclui que, de uma forma geral, tem tido alguma ligeira diminuição de casos nas últimas horas naquele país europeu.



Relacionados

Comentários

Pesquisar






ESTATUTO EDITORIAL RCV