Notícias

Grupos pedem à Câmara Municipal da Praia para dar mais atenção ao Carnaval

  • Estaleiro do grupo "Maravilhas do Infinito", no Parque 5 de Julho
  • Carlos Nogueira, um dos responsáveis do grupo Samba Jô
  • Estaleiro do grupo "Samba Jô", no Palmarejo
17 Fev 2020 Cultura

A uma semana do desfile do carnaval, a RCV sai às ruas da cidade da Praia para acompanhar o processo de preparação dos grupos oficiais.

A trabalheira era grande esta manhã nos estaleiros do grupo carnavalesco “Maravilhas do Infinito”, instalados no Parque 5 de Julho.

A responsável do grupo oriundo do bairro da Achada Grande Frente conta que tiveram apenas 22 dias para preparar o desfile oficial do dia 25 fevereiro.

Anita Borges defende que se decisores políticos querem que a cidade da Praia tenha um Carnaval de referência, o subsidio destinado aos grupos deve ser-lhes comunicado com muita antecedência.

Para este ano o grupo “Maravilhas do Infinito” propõe aos praienses uma viagem ao mundo do cinema.

Quanto ao grupo Samba Jô, os trabalhos de confeção dos andores continuam, mas no meio de muitas dificuldades, o grupo que este ano tem como enredo “África Minha”, queixa-se da falta de apoios por parte da Câmara Municipal.

Carlos Nogueira, um dos responsáveis do grupo diz que assim fica difícil fazer um carnaval que responda às expectativas dos praienses.

Apesar das dificuldades, o amor pela festa do rei momo fala mais alto e é por isso, mais uma vez, que o Samba Jô vai estar na Avenida Cidade de Lisboa no desfile oficial do carnaval na cidade da Praia.

O desfile deste ano na Praia conta com a participação de 7 grupos oficiais.

RCV/PRAIA .
Disponibilizado online por RTC Multimédia (Flávio Tavares – Estagiário)


Reportagem radiofónico do jornalista Carlos Santos



Relacionados

Comentários

Pesquisar






ESTATUTO EDITORIAL RCV