Notícias

Maky Sall defende Cabo Verde e Senegal podem aproveitar melhor as oportunidades do mercado único em África


Macky Sall - Presidente da República do Senegal
08 Dez 2019 Política


O Presidente da República do Senegal Maky Sall defende que Cabo Verde e o Senegal podem transformar a distância que os separa numa grande ponte para que possam tirar proveito das oportunidades do mercado único em África.


Num encontro à porta fechada, os dois presidentes passaram em revista a situação política e a economia em África.
 
Para aproveitarem as oportunidades que a Zona de Livre Comércio em África oferece, os países da CEDEAO, como Cabo Verde e o Senegal, terão que aprimorar as suas vantagens comparativas.
 
Cabo Verde e o Senegal estão separados por escassas quinhentas milhas. Maky Sall é de que se os dois países se constituírem numa ponte de penetração em África poderão tirar melhor proveito do mercado único africano.  
 
O Presidente do Senegal fez uma visita de cortesia ao seu homologo cabo-verdiano, para agradecer a Jorge Carlos Fonseca, a escolha do Senegal para realizar a 3ª Gala Cabo Verde Sucesso.

Na ocasião Jorge Carlos Fonseca e Maky Sall falaram da segurança na CEDEAO a e situação no Mali, da próxima cimeira da União Africana e da situação na Guine Bissau que para o Presidente senegalês, não inspira preocupações de maior.


Levy Salomão - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Pesquisar






ESTATUTO EDITORIAL RCV