Notícias

Arrancam na segunda-feira, as obras do projeto de habitação social da Portelinha em Ribeira de Craquinha, São Vicente


Cooperação Cabo Verde - China
08 Dez 2019 Economia


Um complexo habitacional com oitenta e oito moradias estruturadas em onze blocos.


Uma obra que tem como promotores, a Câmara Municipal de São Vicente e os Governos de Cabo Verde e da China. Em Janeiro deste ano, o Ministério das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação assinou com a Agência Chinesa de Cooperação Internacional, os acordos técnico e económico para a implementação de um conjunto de ações dos quais constavam do projeto habitacional.
 
No lançamento da obra, o executivo nacional far-se-á representar pela Ministra das Infraestruturas, Eunice Silva, para quem o projeto irá ajudar a ilha de São Vicente a minimizar o défice habitacional, reduzindo as casas de lata, e proporcionando às famílias mais carenciadas uma moradia condigna. Uma visão corroborada pelo vereador da Câmara de São Vicente, Rodrigo Martins.

Além das condições de habitabilidade, o projeto prevê infraestruturas que permitem acesso a água e energia, parque infantil e drenagem das águas pluviais. Uma obra que, segundo Rodrigo Martins, alcança uma dimensão além do betão.

A construção das oitenta e oito moradias sociais em Portelinha, é apontada pelo Governo de Cabo Verde como uma primeira realização das ações previstas no acordo técnico e económico assinado com a Agência de Cooperação Internacional da China, e que resulta da visita feita pelo Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva àquele país em 2016.


José Pedro Santos RTC/São Vicente

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Pesquisar






ESTATUTO EDITORIAL RCV