Notícias

Cabo Verde terá que evoluir e as autarquias deverão pensar em ter um serviço de Proteção Civil cada vez mais organizado para responder aos desafios atuais


Proteção Civil UCCLA
14 Nov 2019 Sociedade


É o que considera o Presidente da Proteção Civil e Bombeiros no dia em que se debate, dentre outros aspetos, a questão dos assentamentos no 8º Encontro Técnico da Rede Temática Proteção Civil de Cidades UCCLA, que decorre na cidade da Praia.


Empoderamento, é o que quer a Proteção Civil e o desejo é manifestado pelo Presidente da organização. Renaldo Rodrigues diz que a Proteção Civil quer ter um papel mais relevante em projetos estruturantes e em tudo o que diz respeito às cidades, como é a questão dos assentamentos.

Renaldo Rodrigues desafia as autarquias a terem um serviço municipal de Proteção Civil mais organizado para responder aos desafios atuais.

Da parte da Câmara Municipal da Praia, o edil Óscar Santos considera imperativo mais investimentos no setor da Proteção Civil, tendo em conta a pressão sobre as cidades e os fatores que hoje as colocam em grande vulnerabilidade ou em situações de emergência.

Situações de emergência como Fogos Florestais, Erupção Vulcânica, Enxurradas, mas também assentamentos informais que estão no centro do debate do 8º Encontro Técnico da Rede Temática Proteção Civil de cidades UCCLA em que participam 45 técnicos de diferentes instituições.

Um encontro que se espera ser de partilha, troca de experiências e cujas recomendações possam vir a ajudar na redução de riscos e desastres.


Hermen Tavares Alfredo - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida


Comentários

Pesquisar