Notícias

A cultura e o ambiente uniram campos e levaram o lado ambientalista de Eugénio Tavares a três escolas do ensino básico de São Vicente


Eugénio Tavares
19 Out 2019 Cultura


É a iniciativa “Jardim Nhô Eugénio” do programa comemorativo do Dia da Cultura que se assinalou, num tributo a Eugénio Tavares.


Jardim nas escolas, uma semente ambientalista para germinar a consciência ecológica no ecossistema escolar enquanto multiplicador de valores.

Simbolicamente, a cerimónia decorreu na escola Arnaldo Medina, em Bela Vista, e estiveram presentes alunos de outras duas escolas: a João José dos Santos da Ribeirinha e a Luís Morais, de Lombo Tanque.

As plantas são uma doação da Câmara Municipal de São Vicente e a vereadora do ambiente, Carla Monteiro, espera que os alunos levem a ideia e o valor do jardim para as comunidades.    

Em nome da Delegação do Ministério da Educação, José Pedro Ganeto, agradeceu as parcerias e qualificou o jardim de laboratório de ciências integradas.

O jardim Nhô Eugénio vai chegar a todas as escolas de São Vicente. Simbolicamente começou na Escola Arnaldo Medina, que, para assinalar o Dia Nacional da Cultura, tinha à entrada um jornal de parede alusivo à data.


José Leite - RTC/São Vicente

Disponibilizado online por Mário Almeida




Relacionados

Comentários

Publicidade