Notícias

CPLP vai enviar equipa de observadores para acompanhar as eleições presidenciais na Guiné-Bissau


Luís Filipe Tavares - Ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades e Ministro da Defesa
18 Set 2019 Política


O pedido foi feito pelas autoridades guineenses durante a recente visita do ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde a Bissau.


Mesmo sem revelar o nome, Luís Filipe Tavares garante que a missão será chefiada por uma destacada personalidade de um dos Estados membros da CPLP.

Guiné-Bissau vai a votos, agora para as presidenciais, no dia 24 de Novembro, e havendo segunda volta, acontecerá em meados de Dezembro. O processo eleitoral está a ser acompanhado com muita expectativa pelo P5, grupo que integra a CEDEAO, a União Africana, a União Europeia, as Nações Unidas e a CPLP, conforme o ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Filipe Tavares, num exclusivo à RCV.

Quanto ao processo de legalização dos imigrantes guineenses que vivem e trabalham em Cabo Verde, Luís Filipe Tavares afirma que há questões legais e operacionais, nomeadamente ao nível da securização dos documentos de identificação, que a Guiné-Bissau terá que resolver primeiro para que a autorização de residência seja célere.


Carlos Santos - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade