Notícias

UCID denuncia contratos precários e cortes de salário na companhía Inter-ilhas


António Monteiro - Presidente da UCID
24 Ago 2019 Política


A Cabo Verde Inter-ilhas, empresa que desde a semana passada assume o serviço público de transportes marítimos, está a propor aos marinheiros e maquinistas contratos com salários inferiores aos que ganhavam nas antigas empresas.


A denúncia é do Presidente da UCID, União Cabo-verdeana, Independente e Democrática. António Monteiro falava à imprensa e sustentou a declaração com uma cópia de um contrato, salvaguardando a identidade e a categoria do profissional. A redução no salário chega até aos 20 mil escudos.

Em alta foi revista a tabela de preços de transporte das viaturas de mercadorias, avança António Monteiro. Um aumento de mais de mil escudos, representando cerca de 40%.

A UCID diz que a política de transportes marítimos navega num autêntico zigue-zague e a mais recente guinada é a nacionalização da companhia Fast Ferry, que passa para a Cabo Verde Inter-ilhas, saída do concurso de concessão.

Por tudo isso, António Monteiro pede ao Governo que assuma as suas responsabilidades. A UCID diz que aguarda com tranquilidade a chegada do primeiro navio da Cabo Verde Inter-ilhas, que conforme anunciado deverá estar em Cabo Verde em Outubro.


José Leite - RTC/São Vicente

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Pesquisar