Notícias

O projecto Iniciativa de Pesca Costeira – África Ocidental está em análise na cidade do Mindelo


Ana Laura Touza - Representante da FAO em Cabo Verde
16 Jul 2019 Economia


Implementado pela FAO, Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, o projecto está a ser desenvolvido em Cabo Verde, no Senegal e na Costa do Marfim.


O objectivo é disponibilizar benefícios sociais, económicos e ambientais sustentáveis através da boa governança e incentivos adequados à inovação. A análise está a ser feita pelo primeiro comité de pilotagem que integra técnicos dos países beneficiários.

Na abertura dos trabalhos, a representante da FAO em Cabo Verde, Ana Laura Touza, destacou a importância do envolvimento das comunidades nesse projecto que dá especial atenção às mulheres. Em Cabo Verde, a pesca artesanal costeira é praticada em 20 dos 22 municípios e emprega trinta mil pessoas.

Potencializar esse sector é empoderar essas comunidades, como referiu o Secretário de Estado para a Economia Marítima, Paulo Veiga.

O Secretário de Estado para a Economia Marítima, Paulo Veiga, sugere a realização de estudos para a identificação de novos bancos de pesca.

São Vicente e Maio são as ilhas onde a FAO está a desenvolver a Iniciativa de Pesca Costeira – África Ocidental. Senegal e Costa do Marfim são os outros dois países beneficiários desse projecto que, até hoje, estará em análise na sala de conferências do INDP, em São Vicente.


José Leite - RTC/São Vicente

Disponibilizado online por Mário Almeida


Comentários

Pesquisar