Notícias

Banco Comercial do Atlântico garante fundos de clientes desviados por funcionária


Banco Comercial do Atlântico
25 Jun 2019 Sociedade


O Banco Comercial do Atlântico considera abuso de confiança o caso da sub-gerente detida pela Polícia Judiciária, por suspeita de desvio de 35 mil contos pertencentes a clientes do banco.


Em comunicado, o BCA assegura que se trata de um caso isolado e que não põe em causa a segurança dos valores dos clientes colocados à guarda do Banco.

Face ao caso, que foi objeto de atuação por parte do Banco, o BCA assegura ter tomado medidas imediatas no sentido de minimizar a possibilidade de se repetirem situações análogas, através da comunicação às autoridades judiciais competentes.

De recordar que a Polícia Judiciária deteve, no último sabado a sub-gerente da agência do BCA no Palmarejo, cidade da Praia.
 
Em comunicado, a secção central de investigação de crimes económicos e financeiros da Polícia Judiciária diz que a sub-gerente da agência do BCA de Palmarejo foi detida fora de flagrante delito, no decurso de uma denúncia formal do banco.
 
De acordo com fontes da Polícia Judiciária, à sub-gerente foi aplicada como mediada de coação a interdição de saída do país e da ilha de Santiago, estando também sujeita a pagar uma caução, cujo montante não foi avançado.


Joana Olinda Miranda - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade