Notícias

Orlando Bala lança na Praia livro Para Brava Pela Brava


Orlando Bala - Ex-Edil Bravebse
25 Mai 2019 Cultura


O ex-autarca Bravense, Orlando Bala defende que o diferendo entre o Instituto do Património Cultural e a edilidade Bravense no que toca as intervenções na Praça Eugénio Tavares deveria ser resolvido de outra forma.


As considerações foram tecidas na apresentação na Praia do livro Para Brava e Pela Brava, ontem. Filomena Delgado, politica e analista, também instada a comentar, considera que se devem estabelecer compromissos para evitar que o património seja destruído.

De referir que conforme divulgado na inprensa, o tribunal embargou a obra que a Câmara Municipal da Brava vinha realizando na Praça Eugénio Tavares, para transformar o coreto num quiosque de informação turística, a pedido o Instituto do Património Cultural que havia dado parecer negativo a intervenção naquele patrimonio.


Miriam Lopes dos Santos - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade