Notícias

Empresários cabo-verdianos poderão vir a ter projectos financiados pela PROPACO


Elisabete Gonçalves - Presidente da Associação dos Jovens Economistas Cabo-verdianos
25 Mai 2019 Economia


Trata-se de um fundo de financiamento ao sector privado da Agencia Francesa de Desenvolvimento.


Para mostrar os produtos de que dispõe, os responsáveis deste fundo reuniram-se na Câmara de Comércio de Sotavento, com os empresários nacionais.

Com uma considerável carteira de investimentos em Africa, a PROPACO, crê a Presidente da Associação dos Jovens Economistas Cabo-verdianos, Elisabete Gonçalves, poderá ser uma importante parceira para empresários nacionais.

É amplo o leque de sectores que o financiamento da PROPACO poderá abranger, uma particularidade vista por Elisabete Gonçalves como uma vantagem, tendo em conta a possibilidade de se assinalarem projectos adaptáveis à realidade do País.

Sediada em França, a PROPACO tem escritórios na Nigéria e na Cote dIvoire, sendo esta última responsável pelos países da África Ocidental, incluindo Cabo Verde.


Carlos Moniz - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade