Notícias

ONG italiana Cospe está a criar as bases sociais, económicas e ambientais necessárias à implementação do projecto Rotas do Fogo


Carla Cassu - Responsável da ONG Cospe em Cabo Verde
22 Mai 2019 Sociedade


O projeto, que é apresentado esta manhã ao Ministro do turismo e Transportes, José Gonçalves, propõe soluções sustentáveis para incluir as comunidades beneficiárias do turismo rural em Cabo Verde.


O projecto trabalha com as associações e os produtores dos 3 municípios da ilha. Carla Cossu, responsável da ONG Cospe em Cabo Verde, vê a contribuição dos exemplos da Itália para a diversificação da oferta do ecoturismo local e a criação de novas fontes sustentáveis de rendimentos nas comunidades rurais.

Este projecto resulta dos produtos conseguidos e processos executados por um outro projecto, FATA (Fogo, Água, Terra, Ar), que constitui o principal ponto de partida de Rotas do Fogo.

Carla Cossu acredita que a iniciativa irá promover o Turismo Rural, através da difusão do modelo de Agro-Turismo, bem como melhorar a qualidade dos serviços prestados pelas associações e produtores locais.

O projecto Rotas do Fogo: Modelo do Agro-Turismo como Reforço das Organizações Locais do Turismo Rural e Sustentável na ilha do Fogo será apresentado ao público, esta quarta-feira, no IEFP, na cidade de São Filipe.


Pedro Paulo Moreira - RTC/Praia

Disponibilizado online por Mário Almeida

Comentários

Publicidade