Notícias

Campanha de limpeza subaquática do Porto da Praia


03 Set 2018 Ambiente

O porta-voz da Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD), Aristides Reis, apela por uma maior sensibilização do Cabo-verdianos no tocante a poluição das Zonas marítimas.

É que a Associação para a Defesa do Ambiente e Desenvolvimento (ADAD) realizou uma campanha de limpeza subaquática no Porto da Praia, para contribuir para a protecção dos recursos marinhos e dar a conhecer os efeitos da poluição subaquática.

Para Aristides Reis, isto é apenas uma “pequena amostra” como está o fundo dos mares de Cabo Verde e visa, por um lado, “sensibilizar as autoridades nacionais, em particular, e a população em geral, sobre a problemática da poluição do mar e prevenir para proteger a biodiversidade marinha de Cabo Verde.

Dados de 2005 apontavam para uma taxa de prevalência do HIV-SIDA de 0,8%, em Cabo Verde.

O porta-voz aproveita para fazer um balaço positivo da campanha que conseguiu retirar do mar uma grande quantidade de lixo, uma iniciativa que vem na linha das actividades programadas por altura do dia Mundial dos oceanos e dando continuidade as recomendações da cimeira da CPLP sob o lema “ Cultura, Pessoas e Oceanos”.


Mais desenvolvimentos nos principais serviços informativos da RCV às 07h, 13h e às 19h | http://www.rtc.cv/rcvdirecto/.

José António Cardoso - RCV
Disponibilizado online pela Multimédia

Comentários

Publicidade