Notícias

Batuco, Finaçon, outras manifestações vão merecer a devida atenção por parte do Governo


29 Ago 2018 Cultura

É o que garante o Ministro da Cultura e Industrias criativas. Abraão Vicente reagia, ao ser instado a comentar o facto de o Músico, escritor e investigador Cultural Princesito, ter alertado que as autoridades culturais em sucessivos governos não têm encarado o finaçon como um património Imaterial nacional com potencial a ser classificado como património Mundial.

É o que garante o Ministro da Cultura e Industrias criativas. Abraão Vicente reagia, ao ser instado a comentar o facto de o Músico, escritor e investigador Cultural Princesito, ter alertado que as autoridades culturais em sucessivos governos não têm encarado o finaçon como um património Imaterial nacional com potencial a ser classificado como património Mundial.

A actual dinâmica do Instituto do Património Cultural conjugada com vontade dos investigadores o Batuque, o Finaçon ou outras manifestações ainda não classificadas formalmente como património Nacional vão certamente merecer a devida atenção.

Ministro da Cultura a mostrar abertura para a devida valorização do Finaçon enquanto Património imaterial, bem como a projectos que venham a ser apresentados por cultores desse género.

Abraão Vicente reagia assim ao alerta do Músico e Cultor do Finaçon, Princesito, quanto a pouca atenção dedicada ao género em sucessivos governos.

Miriam Lopes dos Santos-RCV
Disponibilizado online por Cláudia Livramento


Ministro da Cultura e das Industrias Criativas, Abraao Vicente



Relacionados

Comentários

Publicidade