Notícias

Beneficiários do Projeto de agricultura urbana preocupados com a praga de lagarta


01 Ago 2018 Sociedade

Os beneficiários do projeto de agricultura urbana,  implementado na zona de Ribeira de Corujinha, em Porto Novo,  estão preocupados com a praga de lagarta, em espécie de borboleta, que vem destruindo as suas plantações.

O primeiro-ministro, o ministro da Administração Interna e o ministro da Agricultura e Ambiente visitaram ontem a tarde, juntamente com os presidentes das Câmaras Municipais da ilha, o projecto de agricultura urbana implementado em porto novo na zona de Ribeira de Corujinha.

Segundo o presidente da Associação dos Moradores e Amigos de Ribeira de Corujinha João Reis, o projecto está a decorrer normalmente. João Reis afirma que muitos beneficiários já produzem para consumo e que, a ideia é chegar no mercado.

O problema é que, segundo os beneficiários, há uma praga, uma lagarta em espécie de borboleta que vem afectando plantações e dificultando a evolução destas. Pedem apoio das autoridades competentes na resolução do problema.

O projecto de Agricultura Urbana contempla 20 beneficiários, é implementado pela Associação Dos Moradores e Amigos de Ribeira de Corujinha, é co-financiado pelo Ministério da Agricultura e Ambiente, em sete mil contos, através do programa Oportunidades (POSER) e tem como principal parceiro a Câmara Municipal do Porto Novo.

Arilizia Rodrigues-RCV
Disponibilizado online por Cláudia Livramento


Reportagem com a jornalista Arilizia Rodrigues



Relacionados

Comentários

Publicidade