Notícias

Conferência "Son Jon, Património Cultural Imaterial Nacional – Desafios da Salvaguarda"


21 Jun 2018 Cultura


A Aldeia Cultural Nôs Reiz acolheu esta quarta-feira a primeira Conferência sobre “Son Jon – Património Cultural Imaterial Nacional – Desafios da Salvaguarda”.

Uma iniciativa conjunto Ministério da Cultura através do IPC e Câmara Municipal do Porto Novo visando o debate e a reflexão sobre aquela que é considerada a maior manifestação de sempre na ilha das Montanhas que é festa de São João Baptista.

Com a elevação do São João à Património Cultural Imaterial Nacional esta manifestação ganha este ano maior relevância. Segundo o Presidente do Instituto do Património Cultural Jair Fernandes essa classificação insere-se na política do governo tendo em vista a defesa e salvaguarda deste património:

Para o Presidente da Câmara Municipal do Porto Novo Aníbal Fonseca este é um grande desafio para o Município e para todos os portonovenses preservar o São João e transforma-lo num produto cultural vendável:
A Professora e Investigadora Paula Chantre fez uma incursão na história para explicar o surgimento do São João em Cabo Verde:

A Romaria de São João é uma manifestação cultural carregada da simbologia envolvendo, tomboreiros, coladeiras, e milhares de pessoas que se deslocam de todos os cantos da ilha e do país. Uma festa onde não faltam os produtos da terra, milho verde, batata-doce, mandioca, mel, e outras iguarias.

O ponto alto desta celebração é a peregrinação com a imagem do santo padroeiro organizado pela igreja católica e que acontece na véspera do dia do Santo. 

Augusto Oliveira-RCV


Reportagem com o jornalista Augusto Oliveira



Relacionados

Comentários

Publicidade