Notícias

Integrar a literacia financeira nos currículos é o repto lançado pelo Presidente da Bolsa de Valores às autoridades do ensino superior


20 Jun 2018 Economia


Intervindo no sexto fórum sobre a formação de quadros técnicos para o sistema financeiro, nas instalações do Instituto Superior de Ciências Económicas e Empresariais, na Praia,  Manuel Lima, defendeu também que Cabo Verde deve apostar numa cultura de arriscar, tornando-se num país mais pró-negócio.


Até porque, sublinha o Presidente da Bolsa de Valores de Cabo Verde, os Países com maior taxa de literacia financeira, são os mais bem preparados para enfrentar crises económico-financeiras.

A necessidade de se promover a literacia financeira é também sublinhada pela responsável do ISCEE, na Praia.

Sílvia Rocó considera que cabe às Universidades incutir nos alunos a importância da educação financeira, ensinando-os a administrar dinheiro e a fazer investimentos.

Este sexto fórum sobre a formação de quadros técnicos para o sistema financeiro assinala os 20 anos da criação da Bolsa de Valores de Cabo Verde.


MCSA - CM - RCV

Comentários

Publicidade