Notícias

400 mil contos é a dívida do Estado à Emprofac segundo o Presidente do Conselho de Administração


Alexandre Monteiro - Ministro da Industria, Comércio e Energia
09 Mai 2018 Economia


Gil Évora disse que o atraso no pagamento dos fornecimentos feitos aos hospitais e à direção-geral de farmácias provocam algum constragimento à tesouraria da empresa.


As preocupações da Emprofac foram colocadas ao ministro do comércio, indústria e energia que hoje esteve de visita à empresa.

Gil Évora, explicou, no entanto que a empresa já apresentou uma proposta de encontro de contas para ba regularização da situação.

Por sua vez, o ministro Alexandre Monteiro avançou que a solução da questão está a ser analisada devendo ser discutido um plano de regularização.

Outro problema apresentado ao ministro que tutela o setor é a questão dos transportes de medicamentos. Gil Évora explicou que quer por via aérea como marítima, o facto dos medicamentos não serem considerados prioritários tem provocado constragimentos no abastecimento do mercado nacional.

Questão que segundo Alexandre Monteiro ficará resolvido com o contrato de concessão a ser assiando após o concurso para os transportes marítimos.


MCSA - RCV

Comentários

Publicidade